Brazil com Z ou Brasil com S

A palavra “Brazil” com “Z” é a forma mais comum de se referir ao país sul-americano, por todos os países do mundo, porém dentro do país “Brasil” tem sido escrito com “S”.

Essa forma surgiu a partir do início do século passado. Mesmo assim o Ministério das Relações Exteriores quando se comunica com outros país usa o Brasil com Z.

Registre-se que nos séculos anteriores, desde a sua descoberta e até mesmo na nossa primeira Constituição, ainda do tempo do império, datada de 25 de março de 1824, o nome é Brazil escrito com Z.

Esta portanto seria a certidão de nascimento do país chamado Brazil, um nome próprio.

Também em 15 de novembro de 1889, quando foi proclamada a República, e no Decreto nº 1, em seu artigo 2º, continua sendo registrado com Z o nome Brazil.

Veja que no Art. 2.º, as províncias do Brazil, reunidas pelo laço da federação, fica constituído os Estados Unidos do Brazil.
Tema para ser discutido e muito:

  • Obedecendo a origem da palavra, é com Z
  • Obedecendo a primeira Constituição de 1824, é com Z
  • Obedecendo o Decreto N.1 da Proclamação da República, é com Z
  • Obedecendo o Movimento Modernista, é com S
  • Obedecendo a Academia de Ciências de Lisboa, é com S
  • Obedecendo a Constituição de 1988, em vigor, e as que vieram depois da de 1889 é com “S”

No entanto essa mudança, do nome do nosso país, não foi jamais discutida em nenhuma das constituições que se seguiram. A partir da primeira que determinou que o nome seria Brazil, com “z”, muito menos pela Academia Brasileira de Letras, que mesmo que tivesse chegado a alguma conclusão, essa teria de ser discutida e aprovada em uma reforma da constituição.

A grafia com “Z” é uma variante histórica que tem suas raízes na língua portuguesa e na história do Brasil. A palavra “Brazil” com “Z” remonta aos primeiros contatos entre os portugueses e os povos indígenas que habitavam a região que hoje é conhecida como Brasil.

Quando os portugueses chegaram às terras brasileiras no século XVI, encontraram diversas tribos indígenas que falavam línguas diferentes.

Os nativos chamavam sua terra de “Pindorama” ou “Pau-Brasil” devido à abundância da árvore do pau-brasil, cuja madeira era altamente valorizada na Europa, devido suas propriedades corantes.

Os portugueses, ao tentarem pronunciar e escrever essas palavras indígenas, adaptaram-nas de acordo com as convenções ortográficas da língua portuguesa da época.

A letra “Z” era frequentemente usada para representar o som de “S” em algumas palavras indígenas.

Assim, “Pau-Brasil” foi inicialmente escrito com “Z”, “Pau-Brazil”. Com o tempo, a palavra “Brazil”,com “Z”, foi usada para se referir a terra e, posteriormente, ao país que emergiu após a colonização portuguesa.

No entanto, o português evoluiu ao longo dos séculos, e a ortografia da língua passou por reformas, promovidas pela Academia de Portugal, não pela Academia Brasileira de Letras.

Uma das reformas mais significativas ocorreu em 1911, quando a língua portuguesa passou por uma simplificação ortográfica que eliminou o uso do “Z” em muitas palavras.

Desde então, a grafia “correta” passou a ser “Brasil” com “S”, como é amplamente aceito e usado atualmente, embora nunca tenham discutido o tema nos meios acadêmicos ou nas constituições que alteram o nome original.

Quanto à origem da palavra “Brazil” existem várias teorias. Alguns historiadores sugerem que o nome pode ter vindo da Irlanda, mas a maioria considera que as raízes de “brazil” estão em certos vocábulos italianos da Idade Média, que designavam a cor vermelha.

Prova disso são os termos “verzino,” “barzino,” “verzi,” “berzi,” “varzino,” e “brazino” (todos com “Z”) e até a palavra latina “brazile,” que se refere àquilo “que tem o aspecto de brasa.”

Outras teorias afirmam que a origem pode estar na Ilha Hy Brazil, descoberta por São Brandão, no ano de 460, e que significa “Terra Abençoada.”

Alguns ainda argumentam que a palavra provém do celta “bress,” que deu origem ao verbo inglês “to bless” (abençoar), ou do germânio ocidental “braza,” com uma variação posterior “breze,” nome dado à madeira de uma árvore, da qual era extraído um corante vermelho, conhecido como brasilina, de cor semelhante à brasa.

Também vale mencionar que havia uma montanha chamada Brazil, na Ilha Terceira, nos Açores.

Em resumo, a origem da palavra “Brazil” com “Z” é complexa e envolve várias teorias e influências linguísticas, ao longo da história. No entanto, a grafia atualmente aceita em português é “Brasil” com “S,” de acordo com a ortografia moderna, mas não foi proposta a sua alteração em nenhuma das constituições do Brazil, digo Brasil.

Ao longo dos anos vários países tem mudado o nome, o caso mais recente, que está em andamento, é o da Índia.

Fontes governamentais da Índia afirmaram que os deputados do partido de Modi, o BJP, entraram com uma resolução para dar proeminência ao uso oficial de Bharat. Bharat é uma palavra em sânscrito que, de acordo com acadêmicos, já constava em textos hindus antigos.

A palavra também significa Índia em hindi.
Quem sabe seria agora o momento apropriado para discutirmos se somos com Brazil ou Brasil.
Por Guilhobel Aurélio Camargo

Compartilhe nas suas redes socias!

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *