Ele, o Mito, seria “um laranja podre” a serviço de militares que sempre estiveram no comando

ouvir ^

Os acampamentos em frente aos quartéis tiveram início logo após a vitória de Lula no primeiro turno e duraram 70 dias.

O “batom na cueca” dos militares – que coordenaram esse início dos acampamentos e protegeram os ocupantes – está nos fatos que relaciono e é justamente o começo da tentativa de golpe:

1-Nunca soubemos o nome de um Zezinho e sua Mariazinha que teriam iniciado o primeiro acampamento. Se houvesse, esses seriam os heróis dos bolsogados e teriam fotos nas redes sociais e presenças constantes nas diversas mídias.

2-Não soubemos os nomes dos que iniciaram, porque os militares certamente usaram parentes e amigos, diferentes em cada cidade, todos oriundos da população civil, e criaram os acampamentos em datas muito próximas. Teriam sido avisados por uma central de comando.

3-Surgiram simultaneamente em todos os estados, a começar pelo Sul e Sudeste do país, de forma coordenada e bem organizada. Coisa que só poderiam fazer com orientações saindo silenciosamente de dentro da caserna em cada cidade.

4-Os militares sempre evitaram falar dos acampamentos, deixando parecer que apenas toleravam a existência deles.

5-A parte dos financiadores dos acampamentos (barracas alugadas, banheiros químicos alugados, som contratado, comida, bebida – em alguns até gerador de luz para carregar celular e permitir que tivessem uma equipe noturna) foram trazidas de dentro dos grupos de WhatsApp de empresários que se beneficiaram do governo bolsonarista. Essas mensagens foram coletadas pela PF para essa angariação de financisdores, teriam usado deputados, senadores e prefeitos, simpáticos à causa.

6-No dia 2 de janeiro, 6 dias antes da data da convocação de Lula para festejarem 1 ano, que a democracia não foi derrubada, o Senador General Mourão (único a se manifestar para desmoralizar uma existência de golpe) se antecipa, ao dia 8, para defender uma possível citação da “não participação do exército” na tentativa de golpe – e ao mesmo tempo, para minimizar o que viria na comemoração, diz para a imprensa que: “… o 8 de janeiro é uma chanchada do governo Lula…”

7-(Minha ironia): O porta-voz do Exército fala em off e diz que: “Toda a cúpula do Exército ama o Elvis e jamais dariam um golpe no dia do aniversário dele.” (foto ilustração)

8-Desde o dia do anúncio da celebração para comemoração da vitória da democracia no dia 8, com placa de bronze, hino nacional e tudo mais, o Mito da malandragem está mudo. Não está autorizado a falar.

9- “Kids pretos” que integraram as Forças Especiais do Exército, como Mauro Cid, general Ridauto (dentro de foto do dia 8) e outros militares, estão sendo investigados sobre o 8 de janeiro, pela Polícia Federal. Um tenente coronel como Mauro Cid – que foi número 1 de turma dos colégios militares e até nos cursos de formação a que passou dentro das Forças Armadas, Doutor em Ciências Militares pelo Instituto Meira Mattos, também acumula experiências no exterior e possui cursos da elite militar, como o de Comandos das Forças Especiais, – não seria jamais um ajudante de ordens de um ex tenente, aposentado como capitão.

10-O plano seria criar o caos, e com uso de uma GLO (emprego de tropas das Forças Armadas em ações de Garantia da Lei e da Ordem), que acreditavam que Lula pediria, tomar o poder daquele que foi eleito. Assim os militares passariam oficialmente administrar o que eles próprios criaram. A minuta do golpe, encontrada na casa do ex Ministro Torres, pode até ser um “prova plantada” para tirar o foco de quem seriam os verdadeiros conspiradores.

Os pontos que enumerei podem ser nada para o caso do 8 de janeiro, “mas têm tudo para ser tudo”, pois é a índole de nossos militares dar golpes contra a democracia.

Tudo em política tem uma razão, tem um porquê de existir, nós que somos o povo, que demoramos entender.

Por Guilhobel A. Camargo – Gazeta de Novo

Compartilhe nas suas redes socias!

5 Responses

  1. Guilhobel, os verdadeiros fatos por detrás das versões permanecerão encobertos pelas falsas verdades, que ambos os lados propagam à exaustão. Contudo, a sua análise tem formato factível e pode, realmente, estar muito próxima da verdade real. Vou lê-la várias vezes porque nela, até agora, não encontrei as sombras que estou procurando. Por enquanto, meus parabéns .

    1. Fico feliz em ler a sua analise do meu comentário. Tento falar o que os fatos me revelam, vindas de ambas as correntes politicas e de noticias veiculadas na mídia. Vamos em frente. Valeu grande abraço

  2. Nossas forças armadas são anti populares desde sua origem, quando foi formada a primeira milícia para afastar os brasileiros da corte de D. João, que fugia da Europa com Napoleão em seu encalço. Hoje gastamos um montante absurdo com regalias, ex. Viagra, leite condensado e próteses penianas, pra sustentar uma classe alienada que se enxerga como superior, mesmo tendo no currículo como principal feito um massacre de crianças no Paraguai. Parabéns por se opor a essas forças armadas golpista e gananciosa. ✊

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *